Alavancar ou não alavancar, eis a questão

Um dos assuntos mais discutidos, e também um dos mais importantes, quando se fala em investimentos é sobre o perfil do investidor. Nesse ponto costuma-se separar os investidores em dois grandes grupos: os conservadores e os agressivos. Embora é claro que existem diversas nuances entre essas duas classificações, em geral os investidores tendem mais para um ou para outro lado.

Enquanto os investidores mais conservadores buscam retornos bem mais moderados e visando o longo prazo, os investidores mais agressivos estão dispostos a assumir um grau de risco maior – muitas vezes bem maior – em troca da possibilidade de ter um retorno também muito mais impressionante. Para esse grupo, algumas ferramentas são essenciais para se aumentar consistentemente o lucro, como por exemplo a famosa alavancagem. Alavancagem pode ser conceituada de muitas formas diferentes, mas por questões de simplicidade vamos conceituá-la aqui simplesmente como qualquer meio que um investidor utilize para obter ganhos acima dos que seriam possíveis com seu capital atual.

Assim, pegar um empréstimo para investir por exemplo, seria alavancar. Um exemplo melhor ainda é fazer uma operação em margem, quando o investidor faz uma operação acima do seu capital disponível, garantida pela corretora, e seus ganhos ou perdas se darão em cima daquele montante, e não do capital que el efetivamente possui.

Paul Tudor Jones

Para muitos investidores esse tipo de estratégia pode parecer arriscado demais, mas para outros é a própria razão pela qual estão no ogo. Paul Tudor Jones, por exemplo, é um deles. Conhecido como o rei da alavancagem, esse investidor excepcional gerou um expressivo resultado de retornos anuais acima dos 100% durante 8 anos consecutivos. Esse feito incrível o tornou extremamente conhecido e um dos gestores de fundos de investimento mais respeitados dos EUA na década de 80.

Eu não estou defendendo que você simplesmente passe a alavancar sem qualquer critério, mas que você considere a possibilidade. Paul Tudor Jones é só um exemplo de um investidor para o qual a alavancagem foi feita, e soube aproveitar muito bem essa vantagem. Você pode também aprender a investir com alavancagem e se tornar um deles.